Estudos Bíblicos

"Prossigamos até a perfeição" Hb 6:1

Você está aqui: HomeLições Bíblicas Análise Bíblica Parábola

Patrocínio

O significado bíblico de ‘Misericórdia quero, e não sacrifício’

Jeremias: - "Porque nunca falei a vossos pais, no dia em que os tirei da terra do Egito, nem lhes ordenei coisa alguma acerca de holocaustos ou sacrifícios" ( Jr 7:22 );

Leia mais...

Nem os ‘loucos’ errarão o caminho

Muitos se dizem cheios do Espírito, mas se fosse verdade, seriam capazes de compreender e interpretar as Escrituras (Salmos, Profetas e a Lei) do mesmo modo que o apóstolo Pedro, que após ser revestido de poder, anunciou Cristo aos seus compatriotas utilizando-se dos salmos ( At 2:30 -35).

Leia mais...

O caminho dos justos

Desde o ventre materno os homens alienam-se de Deus, pois a geração de Adão (semente) é o meio pelo qual os homens juntamente alienam-se de Deus "Desviaram-se todos, e juntamente se fizeram imundos; não há quem faça o bem, não, nem sequer um" ( Sl 53:3 ). Andam errado desde que nascem porque passaram a trilhar um caminho que os conduz à perdição, visto que são transgressores sem causa "Confundidos serão os que transgridem sem causa" ( Sl 25:3 ). Falam mentiras porque falam segundo o seus corações, que é enganoso "Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e perverso; quem o conhecerá?" ( Jr 17:9 ). Como a boca fala do que está cheio (pleno) o coração, segue que o homem fala mentira.

Leia mais...

A parabola dos dois caminhos

O nascimento natural é a porta larga que dá acesso ao caminho largo de perdição, e o novo nascimento a porta de entrada que dá acesso ao caminho estreito que conduz a salvação. É através do nascimento que o homem entra pelas portas, tanto para a porta larga, quanto para a porta estreita.

Leia mais...

A figueira estéril na vinha

Jesus demonstrou que todos os homens, não importando se judeus ou gentios, estavam em igual condição diante de Deus. Deste modo, caso os judeus, que se consideravam privilegiados diante de Deus por serem descendentes da carne de Abraão não mudassem de conceito, de igual modo pereceriam, passariam para a eternidade sem Deus e sem salvação.

Leia mais...

Vinho novo em odres novos

O vinho novo equivale a mensagem do evangelho, que Paulo demonstrou ser loucura par aos que perecem, mas para os que crêem, poder de Deus. O vinho novo não coaduna com as obras da lei, visto que o vinho novo é escândalo para os que vivem segundo a lei "Mas nós pregamos a Cristo crucificado, que é escândalo para os judeus, e loucura para os gregos" ( 1Co 1:23 ).

Leia mais...

Patrocínio

Depoimentos

left
"A concepção mais excelente de amor foi alterada com a dinâmica da língua, mas a essência do amor permanece inviolável".
 

Lançamento

left
Acesse a loja do portal Estudo Bíblico e adquira o livro 'A Obra que demonstra Amor a Deus'.