Estudos Bíblicos

"Prossigamos até a perfeição" Hb 6:1

Você está aqui: HomeSalmosLivro V Salmo 121 – Promessas que se cumpriram

Patrocínio

Salmo 121 – Promessas que se cumpriram

Deus estabeleceu o dia da bonança e o da adversidade com um objetivo bem específico: que o homem nada descubra do que há de vir depois dele "No dia da prosperidade goza do bem, mas no dia da adversidade considera; porque também Deus fez a este em oposição àquele, para que o homem nada descubra do que há de vir depois dele" ( Ec 7:14 ).

 

  1. LEVANTAREI os meus olhos para os montes, de onde vem o meu socorro.
  2. O meu socorro vem do SENHOR que fez o céu e a terra.
  3. Não deixará vacilar o teu pé; aquele que te guarda não tosquenejará.
  4. Eis que não tosquenejará nem dormirá o guarda de Israel.
  5. O SENHOR é quem te guarda; o SENHOR é a tua sombra à tua direita.
  6. O sol não te molestará de dia nem a lua de noite.
  7. O SENHOR te guardará de todo o mal; guardará a tua alma.
  8. O SENHOR guardará a tua entrada e a tua saída, desde agora e para sempre.

 

Introdução

Deus estabeleceu o dia da bonança e o da adversidade com um objetivo bem específico: que o homem nada descubra do que há de vir depois dele "No dia da prosperidade goza do bem, mas no dia da adversidade considera; porque também Deus fez a este em oposição àquele, para que o homem nada descubra do que há de vir depois dele" ( Ec 7:14 ).

O maior problema da humanidade geralmente fixa-se no dia de amanhã e, Jesus conhecendo esta realidade, instruiu o povo dizendo: “Não vos inquieteis, pois, pelo dia de amanhã, porque o dia de amanhã cuidará de si mesmo. Basta a cada dia o seu mal” ( Mt 6:25-34 ).

Apesar das escrituras demonstrarem que foi Deus quem estabeleceu o dia da adversidade, muitos tentam se socorrer dos salmos para se livrarem das aflições deste tempo presente, o que transtorna o objetivo primordial dos salmos.

Quantas vezes o Salmo 121 foi recitado! Quantas vezes ele foi utilizado como um amuleto! O que motiva as pessoas utilizarem esse salmo em suas orações para adquirirem bênçãos materiais é a falta de entendimento, pois o entendido sabe distinguir as bênçãos eternas das aquisições materiais.

Quais as bênçãos de Deus para com os homens? O Salmo 103 contém as bênçãos que Deus quer dar aos homens, pois as enumera e as descreve: Ele perdoa as iniquidades e sara todas as enfermidades do homem ( Sl 103:3 ; Is 53:4 ), ou seja, é Ele quem redime e salva o homem pelo seu amor e misericórdia, etc.

No verso 5 do salmo 103, o salmista anuncia em meio as bênçãos de Deus que é Ele que enche a boca do homem de bens ( Sl 103:5 ). Por que os bens do Senhor não estão relacionados com as mãos, mas com a boca?

Porque para ‘enriquecer’ o homem ‘enchendo sua boca de bens’ é necessário uma intervenção divina profunda. Da boca do homem natural só procede mentira, engano, pois é disto que fala desde que nasce ( Sl 58:3 ), seu coração é enganoso. Quando o homem é circuncidado por Deus, o coração enganoso é trocado por um novo coração, de sorte que o homem renasce e torna-se uma nova criatura ( Sl 51:10 ; Ez 36:25 -28). Somente com um novo coração dado por Deus sairá abundantemente o bem da boca do homem, pois do que há em abundância no coração disto fala a boca ( Mt 12:34 ).

Quando lemos a bíblia, devemos considerar que tudo que o Senhor Jesus ensinou a multidão foi dito por enigmas, parábolas "E sem parábolas nunca lhes falava; porém, tudo declarava em particular aos seus discípulos" ( Mc 4:34 ); "E disse-lhes: Não percebeis esta parábola? Como, pois, entendereis todas as parábolas?" ( Mc 4:13 ).

Se Jesus ordenou para que não se ajunte tesouro na terra, onde a traça e a ferrugem consomem, seria um contra senso o salmo declarar que a boca cheia de bens faz referência a bens materiais "Mas ajuntai tesouros no céu, onde nem a traça nem a ferrugem consomem, e onde os ladrões não minam nem roubam" ( Mt 6:20 ). Certo é que a ‘bênção do Senhor que enriquece’ não trará bens pertinentes a este mundo, mas ao mundo vindouro, pois a vida do homem não consistes nos bens que possui ( Lc 12:15 ).

Patrocínio

Depoimentos

left
"A concepção mais excelente de amor foi alterada com a dinâmica da língua, mas a essência do amor permanece inviolável".
 

Lançamento

left
Acesse a loja do portal Estudo Bíblico e adquira o livro 'A Obra que demonstra Amor a Deus'.