Estudos Bíblicos

"Prossigamos até a perfeição" Hb 6:1

Você está aqui: HomeSalmos Salmos Livro IV

Patrocínio

Descanso à sombra do Onipotente - Salmo 91

Apesar da proteção dada ao Messias, Ele não teria possessão permanente neste mundo. Do mesmo modo que o crente Abraão não construiu casa na terra da promessa, antes habitou em tendas em função de aguardar a cidade que tem fundamentos ( Hb 11:9 -10), de Cristo foi predito que nenhum mal chegaria a sua tenda, indicando que Ele não faria casa neste mundo "E disse-lhe Jesus: As raposas têm covis, e as aves do céu, ninhos, mas o Filho do homem não tem onde reclinar a cabeça" ( Lc 9:58 ).

Leia mais...

Salmo 96 - Como adorar o Senhor na beleza da sua santidade?

O cântico novo está atrelado à boca, à garganta, dos santos. Na no ajuntamento solene dos santos (assembleia) o tema é Cristo, o cântico novo ( Sl 149:1 ), pois os santos proclamam os altos louvores de Deus. Proclamar os altos louvores de Deus é o mesmo que empunhar a espada do espírito, que é a palavra de Cristo “Estejam na sua garganta os altos louvores de Deus, e espada de dois gumes nas suas mãos” ( Sl 149:6 ; Ef 6:17 ; Jo 6:63 ; Hb 4:12 ).

Leia mais...

Salmo 95 - Convite para adorar a Cristo

A rocha da nossa salvação é o Senhor Jesus, a pedra angular de esquina que os lideres de Israel (edificadores) rejeitaram ( Sl 118:22 ). Os salmos e os profetas anunciaram que o Messias é a pedra preciosa de esquina bem firme e fundada, e que é necessário aos homens crer n’Ele "Portanto assim diz o Senhor DEUS: Eis que eu assentei em Sião uma pedra, uma pedra já provada, pedra preciosa de esquina, que está bem firme e fundada; aquele que crer não se apresse" ( Is 28:16 ); “Todo aquele, pois, que escuta estas minhas palavras, e as pratica, assemelhá-lo-ei ao homem prudente, que edificou a sua casa sobre a rocha” ( Mt 7:24 ; 1Co 10:4 ).

Leia mais...

Salmo 91 - Aquele que Habita no esconderijo do Altíssimo

Da mesma forma que Deus prometeu ao Seu Filho Jesus Cristo que estaria com Ele angustia ( Sl 91:15), Jesus também prometeu estar conosco todos os dias até a consumação dos séculos ( Mt 28:20 ). Da mesma forma que Cristo nunca foi desamparado por Deus, mas esteve sujeito à angustia ( Sl 22:24 ), Ele alertou que no mundo temos aflições ( Jo 16:33 ). Qualquer pregador ou sermão que prometa livrar os homens de suas aflições diárias não é conforme a doutrina de Cristo, visto que Ele mesmo não prometeu livrar os que confiam n'Ele das aflições, antes determinou que tivéssemos bom animo.

Leia mais...

Patrocínio

Depoimentos

left
"A concepção mais excelente de amor foi alterada com a dinâmica da língua, mas a essência do amor permanece inviolável".
 

Lançamento

left
Acesse a loja do portal Estudo Bíblico e adquira o livro 'A Obra que demonstra Amor a Deus'.