Estudos Biblicos

Você é eterno

postador por: Claudio F. Crispim
28 Mai 2012
3956
         


Oro a Deus para que você possa crer nesta verdade, pois este Deus feito homem, em tudo foi provado, mas também foi aprovado, pois obedeceu a Deus em tudo, até a morte, pelo que recebeu a vida de volta: ressuscitou dentre os mortos e tornou-se a salvação de todo aquele que crer.


Onde você passará para a eternidade?

Esta é uma pergunta que poucos sabem responder, mas a bíblia mostra para onde irá os homens quando adentrarem na eternidade. Se o homem reconhece Jesus como seu único e soberano Senhor e salvador, melhor dizendo, se acreditar que Jesus Cristo é o Filho do Deus vivo, pois na eternidade Ele era Deus, porém, despiu-se da sua glória e se fez carne (homem), esteve sujeito às mesmas paixões que os homens, contudo não pecou; que morreu por causa da barreira de separação que havia entre Deus e os homens (pecado) e ressuscitou ao terceiro dia, certo é que tal homem na eternidade existirá eternamente em plena comunhão com Deus.

Porém, se não acreditar na verdade exposta acima, existirá eternamente alienado de Deus.

Deus criou o homem para fazer parte de um projeto que estabeleceu em si mesmo, e como Deus é Eterno, o homem não pode ser transitório, ou seja, extinguir-se algum dia, portanto, Deus lhe concedeu algo de si mesmo (o fôlego da vida) "E formou o SENHOR Deus o homem do pó da terra, e soprou em suas narinas o fôlego da vida; e o homem foi feito alma vivente" ( Gn 2:7 ).

O fôlego da vida que o homem possui veio diretamente de Deus, O Eterno, logo não se extinguirá, permanecendo pela eternidade.

Antes de criar o homem, Deus criou a terra e, depois de criá-lo delegou-lhe o domínio dela: "E disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; e domine sobre os peixes do mar, e sobre as aves dos céus, e sobre o gado, e sobre toda a terra, e sobre todo o réptil que se move sobre a terra" ( Gn 1:26 ).

Em seguida preparou um lugar agradável para o homem ficar: "E plantou o SENHOR Deus um jardim no Éden, do lado oriental; e pôs ali o homem que tinha formado. E o SENHOR Deus fez brotar da terra toda a árvore agradável à vista, e boa para comida; e a árvore da vida no meio do jardim, e a árvore do conhecimento do bem e do mal" ( Gn 2:9 ).

O homem desfrutava do cuidado e da comunhão com Deus: "E disse o SENHOR Deus: Não é bom que o homem esteja só; far-lhe-ei uma ajudadora idônea para ele. Havendo, pois, o SENHOR Deus formado da terra todo o animal do campo, e toda a ave dos céus, os trouxe a Adão, para este ver como lhes chamaria; e tudo o que Adão chamou a toda a alma vivente, isso foi o seu nome" ( Gn 2:18 -19).

“... onde está o Espírito do Senhor aí há liberdade” ( 2Co 3:17 ), e como era de se esperar, Deus deu liberdade ao homem: "E ordenou o SENHOR Deus ao homem, dizendo: De toda a árvore do jardim comerás livremente..." ( Gn 2:16 ). E lhe mostrou a vida e a morte: vida era obedecê-lo, ou seja, o homem permaneceria unido a Deus, pois Deus é vida e, a morte era desobedecê-lo, pois a desobediência acarretaria separação de Deus, ou seja, morte "Mas da árvore do conhecimento do bem e do mal, dela não comerás; porque no dia em que dela comeres, certamente morrerás" ( Gn 2:17 ).

Parafraseando: Enquanto Adão não comesse da árvore do conhecimento do bem e do mal estaria unido a Deus (vivo), se comesse, ficaria separado de Deus (morto). A determinação era clara: não coma para que viva!

Você consegue ver o amor e o cuidado de Deus para com o homem nestas passagens bíblicas?

Contudo, Adão não percebeu, porque quando a serpente disse: ‘Certamente não morrereis’ ( Gn 3:4 ), acreditou na serpente e comeu do fruto.

E que



m era a serpente? Era um anjo presunçoso que perdeu seu principado justamente porque ambicionou o que Deus havia proposto em si mesmo e o homem faria parte. Veja o que este anjo arquitetou: “Subirei sobre as alturas das nuvens, e serei semelhante ao Altíssimo” ( Is 14:14 ). Mas, veja o que Deus propôs para o homem: "E disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança..." ( Gn 1:26 ).

Satanás não queria ser homem, antes queria a semelhança de Deus, pois a semelhança o tornaria maior que os anjos "E tu dizias no teu coração: Eu subirei ao céu, acima das estrelas de Deus exaltarei o meu trono, e no monte da congregação me assentarei, aos lados do norte" ( Is 14:13 ). As estrelas de Deus aqui refere-se aos anjos.

Quando o homem acreditou no que Satanás disse e desconsiderou a Palavra de Deus: "certamente morrerás", cometeu "injustiça". Com este ato Adão se vendeu como escravo ao pecado e, todos os que dele iriam nascer também foram vendidos, ou seja, todos os homens por causa da ofensa de Adão pecaram: "Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus" ( Rm 3:23 ), Todos estão separados de Deus.

E deste momento em diante o homem tornou-se repreensível, reprovado, ou seja, condenado, morto, alienado da vida para sempre, pois possui uma alma que existirá para sempre, mesmo depois de voltar ao pó.

Mas, o propósito de Deus não pode ser detido, e Deus, no seu muito amor com que amou os homens, providenciou salvação poderosa: seu próprio Filho que, despiu-se da sua glória “Mas esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens” ( Fl 2:7 ), e se fez semelhante aos homens para que o homem tivesse novamente a oportunidade de se tornar semelhante a Deus.

Era necessário que a justiça fosse estabelecida: no inicio um homem criado sem pecado não creu na palavra de Deus, mas em tempo oportuno, outro homem sem pecado foi obediente palavra de Deus "Porque, como pela desobediência de um só homem, muitos foram feitos pecadores, assim pela obediência de um muitos serão feitos justos" ( Rm 5:19 ); "Porque assim como a morte veio por um homem, também a ressurreição dos mortos veio por um homem" ( 1Co 15:21 ).

Mas, como isto iria acontecer se todos pecaram?

Deus teve que se fazer homem e, é por isto que Jesus nasceu de uma virgem, pelo poder de Deus.

Oro a Deus para que você possa crer nesta verdade, pois este Deus feito homem, em tudo foi provado, mas também foi aprovado, pois obedeceu a Deus em tudo, até a morte, pelo que recebeu a vida de volta: ressuscitou dentre os mortos e tornou-se a salvação de todo aquele que crer.

E todos os que creem em Cristo são justificados, porque morrem com Cristo "Porque aquele que está morto está justificado do pecado" ( Rm 6:7 ), e ressurge com Ele. A natureza pecaminosa é extinta e o homem torna-se morto para o pecado, mas vivo para Deus "Assim também vós considerai-vos como mortos para o pecado, mas vivos para Deus em Cristo Jesus nosso Senhor" ( Rm 6:11 ), pois ressurgiu com seu Filho Jesus Cristo “PORTANTO, se já ressuscitastes com Cristo, buscai as coisas que são de cima, onde Cristo está assentado à destra de Deus” ( Cl 3:1 ).

Se você crer nesta palavra será salvo da condenação eterna, ou seja, adentrará na eternidade em comunhão com Deus. Vida eterna!

Você é capaz de crer em Jesus Cristo?

"A saber: Se com a tua boca confessares ao Senhor Jesus, e em teu coração creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo" ( Rm 10:9 ).

 


postador por: Claudio F. Crispim

Nasceu em Mato Grosso do Sul, Nova Andradina, em 1973. Aos 2 anos, sua família mudou-se para São Paulo, onde vive até hoje. O pai ‘in memória’ exerceu o oficio de motorista de ônibus coletivo e a mãe comerciante, ambos evangélicos. Claudio Crispim cursou o Bacharelado em Ciências Policiais de Segurança e Ordem Pública na Academia de Policia Militar do Barro Branco e, desde 2004 exerce a função de Tenente da Policia Militar do Estado de São Paulo. É casado com Jussara e é pai de dois filhos, Larissa e Vinícius. É articulista do Portal Estudo Bíblico (www.estudobiblico.org), com mais de 200 artigos publicados e distribuídos gratuitamente na web.

Create Account



o que você procura ?